1. Seu objetivo é motivar e inspirar a plateia com uma palestra fora do convencional e que faz pensar “fora da caixa”, dando à audiência um tempo para sentir a música. Sua equipe terá novas inspirações depois dessa experiência!
  2. Guitarrista atuante, Daniel Daibem faz a palestra parecer um show de jazz, destrinchando os fundamentos, vertentes e procedimentos de execução do estilo musical. A empolgação com que transmite o conteúdo contagia os ouvintes.
  3. Você procura um professor para acompanhar uma viagem pelo universo do jazz em Nova York.

  1. Aula show, com Daniel Daibem Grupo: a teoria na prática.
  2. Jazz: o gênero que se tornou uma linguagem
  3. As formas tradicionais do jazz. O blues e sua relação com o jazz; como um ritmo cria outro. O que é dobrar e desdobrar. O improviso
  4. A bossa nova: os fatores que levaram à assimilação do jazz na música brasileira
  5. As frases, os modos, pergunta e resposta e a criatividade a partir do que já existe. A dinâmica e a elegância.

Quem é

Daniel Daibem, nasceu em Bauru, no interior de São Paulo, em dezessete de janeiro de 1973. Aos três anos de idade dizia que queria ser polícia ou pedreiro mas, aos cinco, já tinha certeza do que realmente queria e começou a correr atrás: Música, Cinema e Televisão.

Teve uma infância e adolescência muito proveitosa em Bauru, mas sabia que, para atuar na área que tinha escolhido, só mesmo se mudando para São Paulo.

Foi o que fez aos dezenove anos de idade, quando veio para a capital cursar Rádio e Televisão na Faap, em 1991.

No segundo semestre da faculdade, entrou como estagiário na 89Fm – A Rádio Rock, passando pela Brasil 2000 Fm e, finalmente, trabalhando por onze anos na Rádio Eldorado Fm.

Durante o período da Eldorado, Daniel, que toca guitarra desde os nove anos de idade, sentiu que era hora de estudar para valer. Conheceu o mestre Leive Miranda, da Groove Escola de Música. Entrou lá para estudar por seis meses, mas acabou ficando oito anos.

Esse período de estudo o levou a criar o programa Sala dos Professores, na Rádio Eldorado, onde durante vinte minutos diários, explicava a linguagem do Jazz, de forma simples, divertida e didática para aqueles que nunca imaginaram ter interesse por este gênero/linguagem; o Jazz.

Foram dezoito anos de rádio.

Durante este período, Daniel fez alguns trabalhos em televisão: Hollywood Rock (na Band), Lado H (no canal pago Fashion Tv, atual Glitz), Entre Sem Bater (no Vh1), algumas participações na Mtv (vinhetas malucas para o VMB), Gnt, Arte1, Tv Cultura e Globosat.

Além dos estudos de música, logo após sair da escola Groove, passou um tempo no CPT, sob os ensinamentos do mestre Antunes Filho, participando dos ensaios da peça “O Triste Fim de Policarpo Quaresma”.

Hoje, Daniel toca com seu quarteto (Daniel Daibem e Grupo), em casas de São Paulo, viajando pela Rede Sesc e em festivais. O show também traz um pouco de sua desenvoltura didática, como fazia no programa de rádio.

Além disso, faz algumas locuções publicitárias, narrações para conteúdos de tv e web e, em 2015, estreou sua participação no cinema, no papel de guitarrista da banda de Elis Regina, na época do espetáculo Falso Brilhante.

O filme “Elis”, com direção de Hugo Prata, estreia em 2016.

Detalhe dos Temas

Em uma apresentação de aproximadamente 120 minutos e fazendo uso de recursos audiovisuais, o guitarrista e apresentador Daniel Daibem, desvenda a linguagem do jazz, este gênero que se tornou uma forma de se executar vários outros estilos, inclusive os ritmos brasileiros, como o samba, o baião e a bossa nova. Durante a aula-show, assim como no extinto programa “Sala dos Professores”, da rádio Eldorado FM, a plateia entra em contato com as ferramentas fundamentais do músico, de uma forma simples, didática e divertida. Nesta palestra, fica claro que você não precisa ser músico para entender e desfrutar a linguagem do Jazz.

Fundamentos abordados:

  1. O blues, o spiritual e as work songs: os três cantos que alimentam o jazz
  2. Rhythm change, AABA e a concepção de tema e improviso
  3. Os ritmos, as formações e as formalidades que caracterizam o gênero
  4. O boogaloo, o funk, o rock e outras crias do jazz
  5. A bossa nova: os fatores que levaram à assimilação do jazz na música brasileira
  6. Jazz: o gênero que se tornou uma linguagem

Depoimentos

Daniel Daibem foi sensacional. A aula foi leve e sem deixar de lado o conteúdo. Foi uma experiência ótima. Super recomendo!
Adorei o curso e recomendo aos meus amigos e pessoas interessadas. É legal, em uma época onde todo mundo corre e não tem tempo para nada, poder fazer algo que traga alegria, relaxamento e aprendizado.

Na Mídia